Buscar
  • rodolfominari

SERENO

Amanheceu chovendo flor

Ói que coisa mais serena

Tu colocas na orelha, morena

A fulô que eu apanhar


Só não deixa de lembrar

Quem criou a natureza

Colocou em cada flor realeza

E esperança até na dor


Nas cantigas de amor

Tem um mar de inspiração

Sou aluno da primeira lição

Tenho muito que escutar


Mas a flor que eu vim te dar

Se desfez, de tão pequena

Vou esperar uma outra chuva, morena

E, quem sabe, tu voltar

0 visualização

Editora3Serpentes©2018

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now