Buscar
  • rodolfominari

CRIA

A vida passa pelas mãos,

Chega no coração

De quem sabe cuidar


Semente que cair num chão

De terra boa

Breve há de germinar


Chegar à luz, nascer pro sol,

Correr o mundo e

Retornar à mãe


Asas pra voar,

Motivos pra voltar...


Ah, viver de amor

Perder o sono,

Não ser mais só um


Dar tudo de si

E não deixar secar a fonte

Em momento algum


Zelar, regar todos os dias

Com lágrimas, se precisar


Asas pra voar,

Motivos pra voltar pra casa.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Eu já fui velho, só andava de bengala Eu já fui homem, tudo tinha hora marcada Eu já fui moço namorando a madrugada E agora sou criança jogando bola na sala Ai, ai, maldade do tempo Que nunca deixou d

Preciosa és, minha vida Frágil porcelana, pó Num fio corrediço, nó Das miudeas, guarida A sombra do meu ipê O cheiro de já chovê A roupa a ser recolhida Pássaro ligeiro és, vida Cavalo que vara o vent

Com esse tantinho de água e sabão, Dondó lavou a roupa da cidade inteira Com o mesmo tantinho de água nas mãos, a filha de Dondó curou minha canseira Lavou dor, lavou mágoa com esse tantinho de água D